Notícias  > Notícias


28-11-2017 A mulher na Igreja


“Vem ver: com Maria ver”. Foi esta a inspiração para a 12ª Sessão de Estudos de Espiritualidade Inaciana (SEEI), que teve lugar entre os dias 17 e 19 de novembro, em Fátima, organizada pela Província Portuguesa da Companhia de Jesus. À luz de Maria, a SEEI foi uma oportunidade de encontro e reflexão sobre os caminhos que a Igreja e cada cristão são chamados a percorrer. O papel da mulher na Igreja foi um dos temas fortes do encontro.
 
“A mulher tem de ter na Igreja o papel que teve no Evangelho para Jesus”, afirmou o P. Vasco Pinto de Magalhães sj, conferencista na SEEI. “As mulheres têm de ter cada vez mais uma voz ativa, considerada e a intervenção que, a todos os níveis, lhes é devida”.A propósito do tema do sacerdócio das mulheres, o P. Vasco convidou os participantes a refletirem na maneira em “que se pode desenvolver dentro da Igreja o modo feminino do carisma sacerdotal recebido no batismo.”
 
A teóloga italiana Stella Morra, professora na Pontifícia Universidade Gregoriana, referiu na SEEI que as mulheres na Igreja “já animam de muitos modos a vida das comunidades cristãs, contribuem para ação pastoral a nível diocesano e das igrejas nacionais, ensinam teologia, e em casos já não raros, orientam ações litúrgicas na ausência do presbítero”. Stella Morra encorajou a um discernimento coletivo e destemido do “nós eclesial”, olhando para a época atual como propícia à conversação sobre a diversidade na Igreja.
 
Fizeram parte da SEEI outros temas de inspiração mariana, como “a abertura ao Espírito”, abordado pelo P. Carlos Carneiro sj, ou “a vocação para a justiça” por Joana Morais e Castro. Houve também espaço paraa partilha de histórias pessoais inspiradoras de mulheres e homens que, como Maria, deixam Deus encarnar nas suas vidas. Margarida Alvim, Teresa Olazabal, Isabel Figueiredo e Filipe Costa Lima deram alguns testemunhos.

A 12º SEEI contou com mais de 450 participantes de todo o país: leigos, padres e consagrados que partilham a espiritualidade inaciana como modo de entender e praticar o cristianismo.
 
Organizada desde 1991, a SEEI publica as atas de cada edição, que decorrem a cada dois anos. Brevemente estará disponível o livro das atas da Sessão de Estudos de Espiritualidade Inaciana de 2017.

Afonso Espergueira nsj e José Maria Ribeiro nsj
 

  Anterior